Questões Mais Frequentes

O que é a Liga Portuguesa de Proteção Civil?

A Liga Portuguesa de Proteção Civil (L. P. P. C.) é uma associação, com carácter humanitário sem fins lucrativos que tem por missão fundamental atuar como federação de entidades públicas, sociais e privadas, que desenvolvam atividades de proteção civil e / ou defesa;

O que é a Protecção Civil?

A definição da actividade de Protecção Civil encontra-se estabelecida na Lei número 27/2006 de 3 de Julho, que aprova a lei de Bases da Protecção Civil.

De acordo com esta legislação é considerada actividade de protecção civil “(…) a actividade desenvolvida pelo Estado, Regiões Autónomas e autarquias locais, pelos cidadãos e por todas as entidades públicas e privadas com a finalidade de prevenir riscos colectivos inerentes a situações de acidente grave ou catástrofe, de atenuar os seus efeitos e proteger e socorrer as pessoas e bens em perigo quando aquelas situações ocorram.”

Esta actividade assume um carácter permanente, multidisciplinar e plurissectorial. Aos órgãos e departamentos da Administração Pública cabe a promoção das condições indispensáveis à execução desta actividade, de forma descentralizada, sem prejuízo do apoio mútuo entre organismos e entidades do mesmo nível ou proveniente de níveis superiores.

Quais são os objectivos da L. P. P. C.?

São objetivos da Liga:

a. Congregar, representar e assumir a defesa dos interesses comuns dos seus associados;

b. Promover a valorização da identidade dos associados e dos seus membros;

c. Participar na definição das políticas nacionais nas áreas da proteção e socorro às populações, nomeadamente nas iniciativas legislativas respeitantes ao sector de proteção civil e / ou defesa;

d. Promover a realização de ações de apoio aos seus associados, nomeadamente nos domínios da formação, informação e gestão de recursos;

e. Promover a qualidade técnica do desempenho do pessoal das entidades associadas;

f. Apoiar a criação de associações de proteção civil e / ou defesa e ainda, diligenciar para que se desenvolva o apetrechamento das existentes;

g. Conceber, executar e apoiar programas e projetos de cariz social, cultural, ambiental, cívico e económico, designadamente através de ações nos países da união europeia e nos países em vias de desenvolvimento, de cooperação para o desenvolvimento, assistência humanitária, ajuda de emergência, e de proteção e promoção dos direitos humanos bem como de sensibilização da opinião pública para a necessidade de um relacionamento cada vez mais empenhado com os países em vias de desenvolvimento através da divulgação das suas realidades.

h. Demonstrar disponibilidade de cooperação com órgãos, serviços e agentes de proteção civil e / ou defesa;

i. Propor ao Governo e demais órgãos de soberania a adoção de medidas legislativas ou executivas que se considerem indispensáveis ao desenvolvimento e consolidação dos serviços de socorro e das suas estruturas de suporte;

j. Promover, por sua iniciativa ou em colaboração com as entidades públicas, sociais e privadas, o apoio social aos elementos das associações filiadas.

Como se elegem os corpos sociais da L . P. P. C.?

Os titulares dos cargos da Assembleia – Geral e do Conselho Fiscal e do Conselho de Administração são eleitos em Assembleia – Geral.

O Secretário-Geral é nomeado pelo Conselho Superior .

Qual o significado do logótipo da L. P. P. C.?

O logotipo da Liga é constituído por um triângulo equilátero de cor azul sobreposto a uma circunferência, limitada a dourado, pintada a 50 por cento, no sentido vertical, com as cores verde e vermelho, alusiva à esfera armilar portuguesa, ambos inseridos numa circunferência cor-de-laranja inserida numa aliança dourada. O triângulo equilátero azul inserido na circunferência cor-de-laranja alude ao símbolo internacional de proteção civil descrito no Protocolo I Adicional às Convenções de Genebra de 12 de Agosto de 1949 relativo à Proteção das Vítimas dos Conflitos Armados Internacionais. A aliança exterior representa a união entre as organizações membro da Liga e a sua cor dourada a nobreza da missão a que se propõem.

Como colaborar com a L. P. P. C.?

A Liga Portuguesa de Proteção Civil é uma entidade privada que visa consgregar entidades públicas, sociais e privadas, que desenvolvam atividades de proteção civil e / ou defesa. Não são aceites inscrições de pessoas singulares. A forma colaborar com a Liga Portuguesa de Proteção Ciivl, de forma indireta, pode ser feita através da integração numa qualquer organização que integre a Liga.

Quais as vantagens de pertencer ao a uma organização que integre a Liga?

Integrar qualquer uma as organizações que integre a Liga Portuguesa de Proteção Civil. é um desafio! Desafio por contactar com outras organizações, por tomar contacto com assuntos como a protecção e socorro de pessoas e bens.

Apesar de desenvolver a sua actividade sobretudo com base no voluntariado, acreditamos que esta é uma actividade na qual é permitido dar respostas concretas ao bem-estar das populações.

Lidar em permanência com estes temas é tornarmo-nos sensíveis aos mesmos

Participar no desenvolvimento das actividades das organizações membro da Liga. permite também o desenvolvimento de competências e o enriquecimento curricular.

Como posso ser voluntário de uma das organizações membro da Liga?

A prestação e serviço voluntários em qualquer entidade que integre a Liga varia consoante a entidade.

Para tomar conhecimento das condições de ingresso e pretação de serviço sugerimos que contate diretamente qualquer uma das organizações constante neste sitio.

Quais as acções que a L. P. P. C. tem desempenhado?

A L. P. P. C. tem procurado estabelecer procedimentos comuns entre as organizações de forma a criar mecanismos de articulação entre os seus mebros.

Procuramos igualmente desenvoler contactos, com diversas outras associações, com o objectivo de criar uma cadeia comum de cooperação. O objectivo desta cooperação é o de promover a integração da Liga Portuguesa de Proteção Civil, e das restantes organizações, numa corrente de partilha de conhecimento e cooperação nos domínios da planeamento, comunicações e formação e treino.